O alimento revelado em detalhes
Postada em: 05/10/2007
Fonte: Viva Sa˙de - Setembro

VERSÃO VITAMINADA

É possível aperfeiçoar uma fruta tão completa? Pois a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia acredita que sim. Em parceria com outros departamentos, está desenvolvendo uma pesquisa para aumentar o teor dos carotenóides na banana nanica, uma das mais consumidas no mundo. Os carotenóides são moléculas precursoras de vitamina A, que é fundamental para a saúde, especialmente da visão.

Coquetel pró-saúde

Para quem tem depressão, uma boa notícia: comer duas ou três bananas por dia ajuda a superar a doença, segundo estudo do Instituto de Pesquisa de Alimento e Nutrição (FNRI), das Filipinas. Na pesquisa foi constatado que a fruta possui alto teor de triptofano, que mantém equilibrado os níveis de serotonina, um neurotransmissor que ajuda a melhorar o humor. Magda Sinigallia Taipina, nutricionista do Instituto Brasileiro de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), também avisa que a banana é fonte de vitaminas C, fundamental para o sistema imunológico, e B6, que regula o nível de glicose no sangue, combatendo os sintomas da tensão pré-menstrual. Possui ainda zinco e magnésio, responsáveis pela formação óssea, e fibra solúvel, que diminui o colesterol ruim.

ASIÁTICA DE ALMA BRASILEIRA

Ela já foi até tema de marchinha de Carnaval, tamanha sua popularidade por estas plagas. Mas ao contrário do que muita gente pensa, a banana não é brasileira. A fruta surgiu no sudeste asiático e hoje é cultivada em 130 países, sendo uma das mais consumidas por aqui.

QUERIDINHA DOS ATLETAS

Fruto da bananeira, planta da família Musaceae, ela é encontrada no Brasil em mais de trinta variedades. Nanica, maçã, prata e ouro são as mais conhecidas e podem ser usadas na culinária em preparações diversas — assadas, fritas, cozidas ou ao natural. A fruta é um dos alimentos favoritos dos desportistas, pois fornece um terço das necessidades diárias de potássio, que auxilia na contração muscular, evitando cãibras.



Retornar Ó ┴rea de NotÝcias