Especialistas ensinam como combater a insônia e dão dicas para melhorar o sono
Postada em: 24/04/2010
Fonte: O GLOBO – RJ

RIO - Você se sente sonolento o tempo todo? Saiba que não é o único, mas que precisa investigar as causas. Um estudo publicado este mês na revista Sleep Council mostrou que 36% dos britânicos dormem muito mal à noite e uma média 6,6 de horas, bem menos do que as oito horas recomendadas. E 240 mil britânicos foram diagnosticados com algum tipo de fadiga severa, que leva a sintomas como síndrome da fadiga crônica, dores musculares e falhas de memórias. O cansaço constante causa ansiedade, depressão e afeta a capacidade de pensar claramente e reagir bem. Os números e os sintomas, segundo os especialistas, são muito parecidos no mundo todo.
 
Mesmo se a causa da sonolência não for clara, algumas medidas podem ser feitas para amenizar o cansaço. Segundo Richard Vautrey, da British Medical Association, as causas podem variar de estresse a problemas físicos, como anemia, diabetes ou hipoglicemia.
 
" Se você não dorme à noite, tende a reter gordura corporal, que também leva à sonolência e debilita o sistema imunológico "
 
- Normalmente, quando não há um motivo claro, a causa costuma ser estresse ou algum problema que esteja ocorrendo na vida pessoal. O ideal, nestes casos, é manter uma dieta balanceada, fazer exercício regularmente, que libera endorfina e dá energia, limitar o álcool e parar de fumar. Preste atenção também ao peso. E faça coisas que ajudem a relaxar - explica o médico.
 
A recomendação para se exercitar pode parecer contraditória, mas os médicos afirmam que é a melhor solução. Pesquisadores da Universidade da Geórgia, em estudo publicado em fevereiro de 2008, mostraram que houve um aumento de energia no grupo pesquisado de 20% quando as pessoas se exercitavam comparado ao grupo que ficou parado. A recomedação é de praticar meia hora três vezes na semana, de preferência yoga.
 
Woodson Merrell, diretor de medicina integrativa do Centro de Saúde Continuada da cidade de Nova York, que une práticas alternativas à medicina convencional, dá uma lista de conselhos, alguns listados em seu livro "The Source, Unlock Your Natural Energy, Revitalise Your Health and Change Your Life". O médico recomenda que as pessoas tenham uma válvula de escape para o estresse e consigam identificar as áreas de sua em que podem haver mudanças positivas. Ele aconselha ainda a meditar durante a manhã, um dos momentos mais estressantes do dia.
 
Sua avaliação sobre a necessidade de repouso está de acordo com a dos médicos que também recomendam oito horas de sono.
 
- Muitos estudos mostram que quando estamos privados das horas necessárias de sono, o corpo compensa produzindo o hormônio cortisol (ligado ao estresse, que aumenta as taxas de açúcar no sangue) e torna ainda mais difícil dormir à noite. Se você não dorme à noite, tende a reter gordura corporal, que também leva à sonolência e debilita o sistema imunológico. A disposição no dia seguinte também tem a ver com a qualidade do sono - explica Woodson Merrell.
 
O especialista recomenda banhos aromáticos com lavanda, músicas bem suaves, abstinência alcoólica. Também ensina o que fazer quando você acorda no meio da noite:
 
- Se sentir que está despertando, pense no que estava sonhando. É bem provável que você voltará a dormir.


Retornar à Área de Notícias