Gengivite dificulta controle da diabetes
Postada em: 25/03/2010
Fonte: O ESTADO DO PARANÁ – PR

A Academia Americana de Periodontia (especialidade que contempla a gengiva) e a Fundação Internacional de Diabetes afirmaram em notícia recente que a saúde da boca tem papel fundamental na prevenção e em pessoas que têm diabetes. A gengivite, por exemplo, que se caracteriza por inchaços e sangramentos na gengiva, além de causar mau-hálito, pus, amolecimento e mudança na posição dos dentes, provoca também o aumento da resistência à insulina, dificultando o controle do açúcar no sangue. Segundo a IDF (International Diabetes Foundation) hoje, a diabetes afeta aproximadamente 246 milhões de pessoas por todo o mundo. Agora, a Academia Americana de Periodontia divulgou uma resolução nos EUA que estimula os profissionais de odontologia e de medicina a trabalharem juntos. Por isso, a IDF lançou um novo guia que contem recomendações clínicas sobre tratamento da gengiva, escrito em colaboração com a FDI (World Dental Federation), e encoraja profissionais da saúde nos EUA a conduzir questionários anuais sobre sintomas de doenças na gengiva, como gengivas inflamadas ou avermelhadas, sangramento durante a escovação, e também a educar seus pacientes com diabetes sobre as implicações da condição da boca, especialmente da saúde da gengiva. A preocupação com os dentes e gengiva ajuda a prevenir doenças bucais, e os diabéticos devem ter atenção redobrada com relação a isso. Ao se iniciar um tratamento dentário deve ser informado ao dentista que se tem diabetes, pois alguns dos procedimentos serão alterados em função disso. E na hora da consulta médica para diabetes, é preciso informar se o paciente tem gengivite, pois esse mal deverá ser controlado, a fim de se controlar a diabetes. Vale lembrar que os Diabéticos devem dar um cuidado todo especial aos dentes, as visitas ao dentista devem ser regulares, além da preocupação com a ingestão de alimentos que possuem grande quantidade de açúcar.

Retornar à Área de Notícias